top of page

PELE HIDRATADA EM DIAS FRIOS

Porque o frio resseca a pele?

As glândulas sebáceas são responsáveis pela lubrificação dos tecidos. Quando a temperatura ambiente está baixa as glândulas sebáceas passam a produzir menos sebo, reduzindo assim a lubrificação natural da pele. Além disso, há uma menor produção de suor pelas glândulas sudoríparas, que também auxiliam no processo de hidratação. Nos dias frios o corpo pede menos água, o tempo fica mais seco e os banhos ficam mais quentes – é um conjunto de fatores que favorece e muito o ressecamento da pele.

Cuidado com a desidratação Bebemos menos água no inverno ou em tempos muito frios porque sentimos menos sede. A sensação de sede é causada pelo hormônio ADH ou hormônio antidiurético. Também conhecido por vasopressina, é produzido na glândula hipotálamo, que é responsável pelo equilíbrio orgânico interno e fica alojado no cérebro logo acima do tálamo. O hormônio ADH controla a perda de água no organismo. No inverno, devido às baixas temperaturas, o ADH sofre algumas alterações que faz com que a circulação sanguínea se concentre mais nos vasos centrais, preservando o calor do corpo e inibindo o aviso de sede, pois, para o organismo ele já está muito bem hidratado. Por isso, o consumo de líquidos nos dias frios é tão importante quanto nos dias quentes. A desidratação no inverno costuma ser mais grave que nas outras estações, pelo simples motivo do organismo não perceber a sensação de sede. Assim, a desidratação só é notada em estágio avançado. Sintomas de pele ressecada – Pele opaca e esbranquiçada – Descamação leve ou moderada – Coceira na pele – Rachaduras na pele Como hidratar a pele nos dias frios – Beba pelo menos 2 litros de líquidos por dia. Pode ser água, sucos ou chás, que ajudam a aquecer o corpo. – Use protetor solar com proteção contra os raios solares UVA e UVB com fator de proteção superior a 15 para o corpo e superior a 30 no rosto, mesmo em dias frios, nublados ou chuvosos. Reaplique a cada 3 horas ou 30 minutos antes de se expor ao sol. – Tome banhos rápidos e mornos, os quais a temperatura da água não ultrapasse os 30 graus. Banhos muito quentes ressecam a pele e retiram toda a lubrificação natural. – Use sabonetes mais neutros ou espumas de limpeza que são menos agressivos, assim evitam retirar toda a proteção da pele. – A água morna dilata os poros, sendo assim, logo após o banho é o melhor momento para hidratar todo o corpo, potencializando os efeitos dos ingredientes ativos dos cremes de hidratação. – Use cremes hidratantes de acordo com o seu tipo de pele. – Se a pele é normal a levemente ressecada, hidrate pelo menos uma vez ao dia e após o banho. – Pele muito ressecada merece mais atenção. O ideal é hidratar 2 vezes ao dia, principalmente nas regiões com maior tendência ao ressecamento, como cotovelos, joelhos, mãos e pés. – Se a pele já é oleosa ou com tendência a acne, utilize cremes específicos para peles oleosas ou mistas. Há protetores solares para pele oleosas também, converse com o seu dermatologista para encontrar um ideal para você. – Use hidratantes labiais para hidratar a boca, apenas o batom não costuma ser suficiente. – Após exposição solar intensa ou exposição a ambientes muito frios, como nas regiões que ventam muito, há geadas ou nevam, a pele costuma ficar muito sensível. Recomenda-se o uso mais frequente de cremes e loções hidratantes, que refrescam, hidratam e tem ação anti-inflamatória, que ajudam a diminuir a vermelhidão e a sensação de ardor da pele. Evite se puder – Manter a pele exposta ao frio, protegendo a maior parte da pele com vestuários. – Banhos muito quente e longos – Usar muito o sabonete nas áreas com menor produção das glândulas sebáceas, como o rosto, cotovelos e joelhos. – Usar produtos que contenham álcool ou que sejam agressivos à pele, como os com pH muito alcalino. Abuse dos cremes Existem no mercado vários tipos de cremes e loções com alto poder hidratante. Conheça alguns dos ativos utilizados: Ácido Hialurônico Os modernos cremes a base de ácido hialurônico são poderosos hidratantes, atraem água para a região e colaboram com a firmeza da pele. O ácido hialurônico já é bem conhecido pelo seu poder de reter a água nas células e estimular a produção de colágeno. Apesar de suas moléculas serem grandes e não penetrarem nas camadas mais profundas da pele, quando aplicados após o banho, com os poros ainda dilatados, a absorção é melhor e a pele aproveita os efeitos do cremes.


Commentaires


bottom of page