top of page

DIAS QUENTES E PETS - cuidados

Com o calor, os cães e gatos também podem apresentar desidratação, exatamente como acontece com os humanos. É sempre importante ficar atento ao seu bichinho, principalmente nos dias de calor intenso. Muitas vezes o proprietário demora a perceber que o seu animalzinho está desidratado e isso é muito grave, pois a desidratação pode matar se não for diagnosticada a tempo. Existe um teste fácil para você detectar se o seu bichinho está desidratado, segue a dica: puxe a pele que fica atrás do pescoço e solte-a, se o animal estiver hidratado, a pele volta rapidamente ao normal, se estiver desidratado, a pele voltará mais lentamente, esse sinal é bem visível.

As principais causas da desidratação são:

-vômito -diarreia -infecções intestinais -infecções virais e bacterianas -calor -exposição excessiva ao sol -pouca ingestão de água -febre. Fique atento também se o seu pet tem perda de peso, fica quietinho demais, a gengiva fica seca, tem perda de apetite, e os olhos ficam secos. O cuidado deve ser redobrado com filhotes e pets idosos pois desidratam mais facilmente.

Como solucionar o problema da desidratação?

Se verificar que seu cão ou gatinho está desidratado, leve-o o quanto antes ao médico veterinário. Não é apenas o soro caseiro que irá solucionar o problema, em muitos casos é necessário o internamento, medicação e hidratação parenteral do animalzinho.

Deixe sempre água a vontade e fresquinha para o seu bichinho e fiquei de olho nos sinais e sintomas da desidratação. Em caso de dúvidas, sempre consulte um médico veterinário!

Comments


bottom of page