top of page

O que fazer, então, para manter a saúde da glândula pineal?

*Hidrate seu corpo e cérebro
*Reduza o flúor

A redução do flúor das águas tratadas pode-se lograr filtrando adequadamente a água da torneira (não use filtro por osmose reversa que, na verdade, mata a água): mude sua pasta de dentes para uma que não contenha flúor e, no limite, use água mineral não fluoretada em sua casa.

* Tome vinagre de maçã diariamente

2 a 3 colheradas de vinagre de maçã por dia é um excelente desintoxicador do nosso organismo.

* Coma alimentos ricos em iodo

O iodo é abundante nas algas marinhas, frutos do mar, banana, oxicoco (cranberry), couve, brócolis, feijão verde, outras folhagens verdes e muitos outros alimentos.

* Cacau cru

A semente do cacau é uma delícia, e também a polpa do fruto quando fresco. Com o cacau cru se combate os radicais livres e se mantém o cérebro saudável, estimulando e desintoxicando a pineal.

* Óleo de coco extra-virgem

Prensado a frio é um ótimo nutriente para nosso organismo, é rico em triglicérides de boa qualidade que, no fígado, sob a forma de cetonas, restauram os neurônios e a função dos nervos no cérebro.

* Centelha asiática, brotos de alfalfa e de salsinha

Também dá esse efeito desintoxicante e energizante da glândula pineal. Estas são ervas que podem, facilmente, ser incorporadas à sua alimentação em saladas, chás ou temperos.

* Privilegie alimentos ricos em:

Ácido fólico, cálcio, magnésio, selênio, omega 3 e vitamina B6

* Incorpore à sua alimentação diária:

Mel, banana e jabuticaba.

* Ah, e deixe seu óculos de sol meio de lado

Isso é importante porque a pineal reage à quantidade de luminosidade que nos entra pela retina como uma célula fotossensível.

bottom of page